Retrospecto não favorece atacante do Santos em 2017

04/05/2017 - 19:28

Rafael Ruiz

O atacante Ricardo Oliveira vive a pior fase desde que chegou ao Santos, em janeiro de 2015. A afirmação vem com base nas estatísticas informadas pelo site ESPN. Em 2017, o atleta marcou apenas dois gols em 34 finalizações.

Em comparação ao Campeonato Brasileiro do ano passado, o Ricardo Oliveira marcou 11 gols e finalizou 50 vezes. São 4,5 chutes em média para vencer o goleiro adversário. Em relação ao Brasileirão de 2015, o goleador marcou 20 vezes em 93 finalizações. O que dá uma média de 4,6 tentativas para marca o gol.

Contudo, em 2017, o jogador precisou chutar ao gol exatamente 17 vezes para marcar um gol, sendo que comemorou apenas duas vezes na temporada (uma pela Libertadores e outra pelo Paulista).

Pelo Campeonato Paulista, Ricardo Oliveira chutou 20 vezes ao gol. Outras oito finalizações pela Libertadores e seis na Copa do Brasil.

Nesta quinta-feira, às 21h45, o atacante terá a chance de se redimir, já que o Santos encara o Santa Fé-COL, pelo 4º jogo da fase de grupos da Copa Libertadores.

CCFnas redes sociais