Fora dos gramados há mais de um ano, Dedé volta a ser relacionado

20/03/2017 - 15:45

Foto: Washington Alves

Por: Laura Fideles

Dedé teve um final de domingo muito importante, após o jogo contra a Tombense, Dedé viu a lista dos convocados para jogar contra o Joinville, na terça-feira, às 19h (de Brasília), em Santa Catarina, pela Primeira Liga. O jogador  Dedé ficou muito emocionado pelo nome na lista, e agradeceu nas redes sociais a todos que o ajudou na caminhada fora dos gramados. Também voltou com  as coletivas, e como sempre com ótimo  humor.

“É sempre um prazer estar com vocês aqui, para falar de coisas boas. Mas saudade não, aí você quebra o pretinho aqui... (risos). Saudade eu sinto da minha esposa e do meu filho”, disse, Dedé brincando com os jornalistas.

Dedé relembrou como foi sua reação quando viu o nome na lista de convocados, o mito como alguns torcedores o chamam, ficou sabendo após o jogo do Cruzeiro contra a Tombense.

 “Fiquei muito feliz, ontem (domingo) eu estava em casa assistindo ao jogo com minha esposa e meu filho. Assim que terminou, já passaram para a gente quem ia para Joinville e vi meu nome na lista. Depois de tanto tempo, estava na expectativa de voltar e ser relacionado, de estar sentindo aquela emoção de saber que vou vestir a camisa do jogo, não a de treino. Já tem um ano e pouco que venho passando esse momento. Fiquei feliz, muito emocionado no momento em que passou muita coisa na minha vida neste período sem jogar. Muito aprendizado e muitas reflexões”, disse o jogador na coletiva desta segunda-feira.

O jogador celeste também citou na entrevista sobre esse tempo sem jogar, disse que nunca desistiu de voltar aos gramados, completou agradecendo a Deus e Nossa Senhora Aparecida a quem tem muita fé.

- É sempre difícil receber a notícia de uma fratura e de cirurgia. Fiquei quatro meses esperando para treinar com o grupo, e no primeiro treinamento, fraturei de novo. Notícias assim dão uma quebrada. Eu sou um cara muito forte, cabeça centrada. Tento manter sempre meu foco, para retornar. Graças a Deus estou de volta. Nesses momentos a gente dá uma balançada. Mas creio muito em Deus, tenho uma fé muito grande em Nossa Senhora Aparecida. Isso me traz uma energia boa e força para continuar na minha caminhada.

CCFnas redes sociais