Chapecoense pode ter equipe mista contra o Botafogo, no Rio de Janeiro

08/11/2016 - 14:49

Rafael Ruiz

Após vencer o clássico catarinense contra o Figueirense no último domingo, a Chapecoense já não tem mais riscos de ser rebaixada. Contudo, o Verdão do Oeste ainda tem uma decisão pela frente nesta temporada. No próximo dia 23, a equipe encara o San Lorenzo, da Argentina, na partida de volta da semifinal da Copa Sul-Americana.

Até lá a Chape ainda pega o Botafogo, no dia 16, no Rio de Janeiro. Na sequência enfrenta o São Paulo, dia 20, na Arena Condá. Desta forma, o técnico Caio Júnior deve optar por uma equipe mista ou até mesmo repleta de reservas nesses próximos jogos do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva, o comandante afirmou que irá avaliar a condição física de cada atleta para este final de temporada: “Vamos ver, analisar dia a dia, caso a caso. Tem que jogar sempre quem está 100%, quem não estiver, trabalha para no dia seguinte estar pronto.”

O departamento médico do clube espera recuperar três jogadores até o dia 23 de novembro, data da decisão contra os hermanos. O Gimenez e Matheus Biteco estão entregues ao estaleiro. Já o meio campista Gil saiu de campo ainda no primeiro tempo durante o clássico catarinense: “Senti um incômodo na coxa esquerda e por prevenção, saí. Sou experiente, preferi pedir para sair e vamos ter tempo para tratar, então no próximo jogo deve dar certo.”

Além dos desfalques, o comandante não poderá contar com o volante Josimar, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Para atuar em seu lugar, o comandante tem à disposição o Sergio Manoel.

A Chapecoense está na 10º posição do Campeonato Brasileiro com 46 pontos. No próximo dia 16, a equipe catarinense pega o Botafogo, na Arena Botafogo, em partida válida pela 35º rodada da competição nacional.

CCFnas redes sociais