Henrique Dourado é a aposta do Time do Mito para a 21ª rodada

18/08/2017 - 12:47

E aí, rapaziada! Como vão e como foram na última rodada?! Seguiu nossas dicas? Então tenho certeza que mitou muito, pai! Fizemos 64.24 pontos numa rodada onde a média foi muito baixa. Então estamos de parabéns, né? Hahahaha.

Nessa rodada esperamos que o desempenho se mantenha num bom nível e queremos mitar novamente. O que acha de mitar com a gente, parça? Gostou da ideia? Então desce a página aí e confere como que ficou escalada a equipe para a 21ª rodada:

No gol vamos com Vanderlei, pois além de estar pegando muito, joga contra seu ex-clube. Lei do-ex + Vanderlei = mito da rodada, rs!

Fagner e Renê são os laterais do time. O primeiro é representante de uma equipe muito regular, além disso, se trata de um jogador também regular. Jogando em casa contra um time da parte de baixo da tabela, não deve ir mal. Já a segunda opção é um jogador que, anos atrás, tinha boa média no Cartola FC. Nesse ano ainda não conseguiu “engrenar”, porém, jogando contra um dos piores times da competição, deve ir muito bem.

A zaga está a mais regular possível. Marllon e Balbuena são dois dos zagueiros mais regulares da competição. Ambos jogarão em casa nessa rodada, suas equipes são favoritas e, caso fiquem com o saldo, se preparem, afinal, a mitada vem!

Decidimos ir com um meio-campo caseiro nessa rodada. Começando com Éverton Ribeiro, um dos principais jogadores do Flamengo. Como o Mengão joga em casa, está de técnico novo e enfrenta o lanterna do campeonato, não dá para subestimar o craque flamenguista nessa rodada. Depois temos Zé Rafael, principal nome do Bahia no Brasileirão. Rouba muitas bolas, consegue algumas assistências e ainda balança as redes, ou seja, nome perfeito para o game. Fechamos o setor com Alejandro Guerra, já que o Palmeiras precisa voltar a vencer e tem o meia colombiano como uma das “cabeças” da equipe.

Henrique Dourado, e Lucca. Esse é o nosso ataque. Henrique Dourado joga em casa e não deve passar em branco jogando contra a vazada defesa do Atlético-MG. Jô é Jô né, pai? Nunca podemos hesitar em escalá-lo, afinal, ele pode fazer mais de um gol e quebrar a banca, por isso vamos com ele. E, para finalizar o time, Lucca! O artilheiro da Ponte Preta está “na seca” há algumas rodadas, mas voltará a balançar as redes nessa rodada.

Fábio Carille fica no banco de reservas.

CCFnas redes sociais